Whey Protein!

Quando falamos de WHEY PROTEIN, a maioria das pessoas pensa que é um suplemento usado apenas para hipertrofia muscular, MAS NÃO, ele pode ser usado para diversos fins.

O "whey = proteína isolada do soro do leite" é composto por aminoácidos importantes para o corpo como a leucina, valina e isoleucina. É verdade que a proteína auxilia a manter e aumentar a massa muscular, principalmente quando as quantidades de LEUCINA estão ajustadas na dieta. E por ser de digestão rápida, quando utilizada no pós-treino, inicia o reparo aos danos gerados aos músculos pelo exercício, ação importante para quando as planilhas de treinos estão pesadas.


Mas além disso, é uma ótima fonte de antioxidantes e conta com ação no SISTEMA IMUNOLÓGICO.


Eu também utilizo muito quando o paciente não consegue consumir nenhuma fonte de proteína no trabalho, por falta de tempo ou por falta de lugares para armazenar outros alimentos. Por ser uma opção fácil de carregar e não perecível, ajuda muito no dia-a-dia corrido.


ATENÇÃO: Como tudo na vida, o whey não pode ser consumido em excesso. A dose usual que prescrevo para os atletas de corrida ou endurance varia de 20 a 40g. O importante é a quantidade estar adequada à sua dieta do dia.


Você sabe a diferença entre os tipo de whey?!


Whey concentrado: Não é uma boa opção para os intolerantes a lactose. Esse tipo é o que tem a menor velocidade de digestão e absorção. Ele mantém parcialmente o carboidrato e a gordura presentes no soro do leite.


Whey isolado: Tem alto poder de pureza e é isenta em lactose. Sofre um processo capaz de isolar a proteína dos carboidratos e gorduras presentes no soro do leite.


Whey hidrolisado: É isento em lactose e tem a maior velocidade de digestão e absorção. O processo realizado funciona como uma pré-digestão.


Beijos,

Camille Dutra